segunda-feira, 28 de abril de 2014

Dicas de chás


- Previamente, deve escaldar o bule com água acabada de ferver. Então, coloque no seu interior uma colher de folhas de chá por cada pessoa, mais uma por conta do bule. Adicionando água a ferver, cubra completamente as folhas que acabou de pousar no fundo do bule.

- Deixe a infusão decorrer por dois ou três minutos. Só então adicionará o resto da água, mexendo lentamente. Este segundo momento deverá prolongar-se por quatro a seis minutos, sendo que os tempos de infusão variam consoante os tipos e qualidade do chá.


- Dependendo do tipo de chá, pode acompanhá-lo com açúcar, limão, leite frio ou natas, que colocará previamente na chávena. Caso pretenda amenizar a bebida, leve para a mesa alguma água quente.
Mas coloque-a diretamente na sua chávena, nunca no bule.


- Se aprecia chá gelado, aproveite para congelar parte do chá em pequenos cubos. Assim, quando os utilizar verá que preservou a desejável concentração do chá.


- O chá, embora não tenha uma rigorosa data limite para o consumo, é sensível à luz e ao calor.
Por isso, deve armazená-lo em latas hermeticamente fechadas, colocadas em local fresco e seco, e afastado de produtos que exalem odores fortes.


- Pode encontrar excelentes chás em “mousselines” (saquetas), mas é preferível comprar marcas que se apresentem em invólucros de algodão, que não adulteram o gosto na infusão.

Alguns chás que podem não conhecer, mas que são muito nutricionais:

  • Folhas de oliveira
As folhas da oliveira ajudam a combater outro grande fator de risco das doenças cardiovasculares, a hipertensão. Reduzem os valores máximos da pressão sanguínea e regulam os valores mínimos. Utilize 3 g de folhas de oliveira para 150 ml (ou 12 g para 600 ml) de água a ferver. Beba duas chávenas por dia, às refeições.

·         Espinheiro branco

O espinheiro branco reúne uma série de propriedades que favorecem a saúde cardiovascular. Regula a tensão arterial, trata a ansiedade e a depressão e controla as arritmias. Tome esta planta, sob a forma de infusão, 1 g de flores para 150 ml (ou 4 g para 600 ml) de água a ferver, duas a três chávenas por dia.

·         Folhas de freixo

As folhas de freixo possuem ação diurética e ligeiramente laxativa, pelo que também podem ser utilizadas em caso de obesidade, sobretudo se for acompanhada de retenção de líquidos. Para isso, faça uma infusão com 2,5 a 3 g de folhas para 150 ml de água a ferver e beba três chávenas por dia.

·         Ginkgo biloba

As folhas do ginkgo biloba ajudam a inibir a agregação plaquetária e melhoram a microcirculação, contribuindo para uma melhor oxigenação das células. Tome-o em infusão, usando uma colher de sobremesa de folhas (por chávena), duas chávenas por dia, após as refeições.

·         Chá verde

Graças ao seu conteúdo rico em catequinas, que evitam que as gorduras se agarrem às paredes das artérias, o chá verde combate o colesterol, um dos principais fatores de risco das doenças cardiovasculares. Para além disso, reduz a concentração de glicose no sangue, beneficiando em caso de diabetes. Tome uma colher de sobremesa de folhas secas por chávena, sob a forma de infusão, várias vezes ao dia
 
Xénia

Sem comentários:

Enviar um comentário