segunda-feira, 21 de abril de 2014

Sabia que....



O Alecrim também é chamado da erva da alegria, os óleos essenciais favorecem a produção de neurotransmissores responsáveis pelo bem-estar. É muito utilizado como aromatizante de ambientes, por ter um odor agradável, e realça os sabores dos alimentos como assados, carnes, legumes, molhos e pães.

Benefícios do alecrim:

1 – Combate a tosse, gripe e asma

Por ser estimulante, o alecrim é indicado para o controlo da tosse e da gripe, além de combater crises de asma. As tosses acompanhadas com catarros também são eliminadas pelo alecrim devido à sua excelente ação expectorante.

2 – Auxilia o tratamento de dores reumáticas

Uma solução natural para o reumatismo que ajuda a aliviar as dores é utilizar compressas de alecrim. Pode-se aplicar o alecrim in natura ou o óleo essencial. Também é eficaz no tratamento de entorses e contusões.

3 – É diurético e ajuda a digestão

O alecrim é rico em minerais como o potássio, cálcio, sódio, magnésio e fósforo. A ingestão destas vitaminas e minerais favorece a perda de peso por ter ação diurética. O chá do Alecrim é digestivo e sudorífero, o que faz aliviar os sintomas da má digestão. Além disso, auxilia na limpeza do fígado.

4 – Auxilia a menstruação

O chá do alecrim facilita a menstruação e alivia as cólicas menstruais.

5 – Reduz gases intestinais

Doses diárias do chá são indicados para redução de gases intestinais, responsáveis pelo incômodo de muitas pessoas.

6 – Combate o stress

Conhecido por relaxar os nervos e acalmar os músculos, o alecrim aumenta o fluxo sanguíneo estimulando o cérebro e a memória. Por conter ácido carnósico, com propriedades antioxidantes essencial para o sistema nervoso, ajuda nas situações de stress. Muito indicado para situações de desgaste mental.

7 – Tratamento para o couro cabeludo

Indicado como fortificante do couro cabeludo, como anticaspa e também contra a queda de cabelo.

Obs.. O chá deve ser evitado durante a gravidez ou lactação, bem como menores, pessoas com problemas de próstata ou com diarreias. A ingestão em doses elevadas provoca irritações gastrointestinais. Também pode ser irritante para a pele.

Agora já sabe...
Xénia

Sem comentários:

Enviar um comentário