segunda-feira, 2 de junho de 2014

Cerejas

E foi aberto a época da cereja cá em casa.

E já a começar a pensar em receitas fresquinhas com cerejas.

Sabiam que:

São ricos em vitaminas e minerais, antocianinas, que lhe dão a sua cor vermelha a preta, e compostos fenólicos com forte acção antioxidante. Nos pedúnculos, destaca-se o teor em potássio, com ação aquarética, taninos, com efeito regenerador das mucosas das vias urinárias, e salicilatos, com ação analgésica.

Os pedúnculos do fruto são úteis em infeções urinárias, nefrite, cistite, litíase (pedra) dos rins e vesícula biliar. Para além disso, ajudam a eliminar líquidos (diurese), auxiliando em regimes de emagrecimento. As cerejas, por serem alcalinizantes do organismo, também são muito utilizadas no tratamento de doenças reumáticas, diminuindo o ácido úrico, e beneficiando também assim os casos de gota. Também se utilizam para prevenir infeções urinárias.

Remédios caseiros

- Chá drenante
Faça uma tisana com um litro de água e uma colher (sopa) de cada uma das seguintes plantas: cavalinha,
dente-de-leão e pés-de-cereja. Ferva um minuto e deixe em infusão durante cerca de15 minutos. Adicione uma beringela cortada em pedaços pequenos e deixe macerar durante 8 horas. De manhã, coe e beba um copo antes do pequeno-almoço, almoço e jantar.

- Ervanária caseira
Quando comer cerejas retire-lhes os pés e deixe secar em ambiente seco, à sombra, durante uma semana. Guarde-os num pote de barro e use sempre que precisar.

- Almofada para dores
Existe em Portugal a tradição de juntar os caroços das cerejas e fazer uma almofada que, hoje, se pode rapidamente aquecer no micro-ondas e aplicar em zonas doridas que agravam com o frio.





Xénia

 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sem comentários:

Enviar um comentário