segunda-feira, 12 de setembro de 2016

Ingrediente Rei – ABÓBORA

 

Abobora_001 (Custom)

 
Deve preferir abóboras sem amolgadelas ou golpes e de tamanho pequeno a médio, visto terem mais polpa. Depois de cortada, a abóbora pode ser conservada no frigorífico ou então congelá-la em cubos ou fatias.
 
 

Colorful pumpkins with wood background
 
 
Fruto da aboboreira, a abóbora pertence à família Cucurbitaceae, da qual também fazem parte o melão, a melancia, a courgette e o pepino.
 
De valor energético baixo e muito rica em água, destaca-se na abóbora o teor em betacaroteno (pró-vitamina A), daí a sua cor alaranjada. Possui vitaminas C, E e do complexo B, sendo rica em fibra e também uma fonte de cálcio, fósforo, ferro e potássio.
 
De entre as particularidades da abóbora destacam-se as suas sementes, uma grande fonte de ácidos gordos essenciais. Ricas em fitoesteróis, estas sementes vão ajudar a reduzir os níveis de colesterol no sangue. O triptofano, um aminoácido que o nosso organismo converte em serotonina, funciona como um antidepressivo natural, estando também presente neste legume. O zinco, um mineral encontrado em quantidades consideráveis, é muito importante para os homens, devido às funções protetoras para a próstata.
 
 
Quanto às sementes, devem ser lavadas, para ficarem limpas e sem vestígios de abóbora. Depois devem ser bem secas, colocadas num tabuleiro (pode temperá-las com algumas ervas aromáticas, especiarias e um fio de azeite), e levadas ao forno a 200ºC até ficarem assadas. Podem ser consumidas como snack ou usadas na cozinha a decorar uma salada ou uma refeição.
 
Fonte: Teleculinária
 


 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sem comentários:

Enviar um comentário