terça-feira, 13 de dezembro de 2016

Ingrediente Rei – CANELA

 

A canela é tão agradável que, para além da culinária, empresta também o seu aroma a chás, à indústria cosmética e até a incenso e velas de cheiro. É no Natal que assume o papel de “rainha” e torna os doces ainda mais apetecíveis.
 
Características:
  • A árvore da canela chama-se caneleira, pertence à família Lauraceae e pode chegar a atingir 15 metros de altura. É originária do Sri Lanka e as suas folhas têm um formato ovalado.
  • Esta especiaria é obtida a partir da parte interna da casca do tronco da árvore e depois comercializada em pó ou em paus.
  • O seu aroma específico e intenso vem do composto orgânico aldeído ou cinamaldeído.
Usar e conservar
  • Faz parte da preparação de variados doces, como os fritos de Natal e o arroz-doce, licores, bebidas e chás.
  • Sem ter a função de adoçar, pode realçar o sabor de alguns pratos salgados e dar-lhes um toque exótico. Experimente-a no arroz, pastéis com recheios de carne ou alheira, sopas exóticas, etc.
  • Combina na perfeição com outros ingredientes como café, chocolate, maçã, mel e limão.
  • Depois de aberta a embalagem, feche-a bem com uma mola para que o seu aroma e sabor não se percam.
Benefícios para a saúde
  • É rica em polifenóis – um antioxidante que desacelera os efeitos do envelhecimento.
  • O cinamaldeído tem propriedades antimicrobianas que, em estudos, demonstraram ter a capacidade de diminuir a actividade de uma enzima associada a reacções inflamatórias e alérgicas.

Fonte: Teleculinária

Sem comentários:

Enviar um comentário